• Capa get out
  • Pó Ruby Rose banner
  • Imagem 3
  • Capa do post
lifestyle category image
20 de setembro de 2014
17 de setembro de 2014, um dos dias mais esperados do ano pra mim, dia do show do meu queridíssimo cantor Michael Bublé ❤️ A venda de ingressos começou em julho, e eu obviamente comprei no primeiro dia, assim que abriu.  Comprei o ingresso para a área Premier, queria ficar bem perto porque no show em 2012 não pude ficar perto. O show foi na HSBC Arena, na Barra da Tijuca. A turnê que o Michael está fazendo é a do seu novo álbum “To be loved”, e ele está fazendo show no Brasil no Rio e em São Paulo, 1 no rio e 3 em São Paulo, absurdo né, também quero 3 shows!!! Hahahahahahaha. Ele veio pra cá com a esposa e aquela coisa fofa chamada Noah, filho dele.
O show começou por volta de 22:20, o que foi ótimo porque estava um super engarrafamento e eu cheguei lá bem em cima da hora. O Michael cantou músicas do álbum novo e dos antigos, e músicas “aleatórias” como “Everybody” dos Backstreet  Boys e “Get Lucky” do Daft Punk. Só achei estranho ele não ter cantado a principal, que é “To be loved”. 
Com uma produção de US$ 6 milhões, o show foi incrivelmente perfeito, ele trouxe pra cá tudo que teve nos outros show da turnê, nos outros países. Equipamentos de som, luz, pirotecnia e telões de led, ele fez questão que os fãs brasileiros tivessem o mesmo show que os fãs de outros países. 
Acabou por volta de 00:15, 2 horas de show basicamente. Tentei tirar uma foto com ele, mas não foi possível 🙁 Mais pro fim do show pude ficar mais perto ainda, na grade (não fiquei antes porque era lugar marcadinho, cada um no seu e os seguranças não deixavam ficar fora do seu lugar).
Meu look foi esse:

Algumas fotos (sem muita qualidade porque a emoção não permitiu que eu parasse de cantar e dançar para tirar boas fotos) do show:

Abertura cantando “Fever”

Chuva de corações em “All you need is love”

Não tenho mais palavras pra explicar o que foi esse show pra mim, e mesmo sem data, já comecei a contar os dias para o próximo!!
Compartilhe com os amigos:
0 Comentários

  • Look do dia: Body preto.
  • Joguei&Zerei: Monument Valley
  • Inspirações de comida para festa de Halloween
  • lifestyle category image
    17 de setembro de 2014
    A primeira vez que entrei em uma academia foi aos meus 16 anos (se não me engano). Fazia musculação e mais umas mil aulas como aeroboxe, jump, pilates, alongamento e blábláblá, sempre amei, afinal eu tinha tempo pra isso. Hoje em dia, quem dera, tenho 1 horinha por dia pra malhar e olhe lá. Aos 18 comecei a fazer estágio, daí com a combinação estágio + faculdade acabei saindo da academia (preguiçosa), mal sabia o que me esperava no futuro. Hoje em dia o único tempo que tenho pra malhar é de 6 às 7 da manhã, antes do trabalho. Tenho uma rotina puxada, mas sinceramente não vivo mais sem academia. Aquela sensação de série finalizada é gostosa demais, hahahahaha.
    Imagem retirada do site https://elefanteverde.com.br

    Antes de qualquer coisa, é de extrema importância passar por uma avaliação médica, porque é a partir daí que você vai saber a atividade física mais adequada à você, e tudo que você pode e não pode fazer. A partir daí é importante seguir com uma alimentação de acordo com o seu objetivo (perder peso, hipertrofia etc), então é legal consultar um nutricionista, coisa que eu deveria fazer, porém continuo nas gordices.
    Mas vamos lá, você nunca malhou na vida, acabou de se matricular em uma academia e teve o seu primeiro dia de treino, prepare-se, você vai ficar dolorida, faz parte do processo. E por favor, não seja aquele tipo de pessoa que acha que entrou na academia e em 1 semana vai ter o corpo que quer, não, isso não vai acontecer, é um processo longo. Paciência é uma virtude e deve ser utilizada junto com a força de vontade. E não vamos esquecer da disciplina, não vai adiantar ficar faltando a academia, comprometimento é essencial, você tem uma série a seguir e essa série será adaptada de acordo com a sua rotina e possibilidades, então não tem desculpa.
    Agora, aqui vão algumas dicas para começar:
    1- Estabeleça suas metas.
    É bom estabelecer metas de curto e longo prazo. As metas de curto prazo são importantes para garantir sua motivação, é ótimo ver que seu esforço está dando resultado e isso te faz se esforçar cada vez mais para atingir aquele objetivo mais difícil, por isso suas metas tem que ser realistas, não vai adiantar colocar como meta de curto prazo algo que você só consegue fazer à longo prazo, isso só vai te frustar e te fazer ficar desanimada.
    2- Beba muita água.
    Isso que você já está cansada de ouvir com certeza, não somente pela academia, mas pela sua saúde e bem estar no geral, mas é uma dica muito válida e realmente necessária. A água elimina as toxinas do corpo, acelera o metabolismo e ajuda na síntese de proteínas, além de ajudar o corpo a repor a energia e mais 1 milhão de benefícios. Beba água tanto antes, quanto depois dos treinos, inclusive até nos intervalos dos exercícios. 
    3- Coma antes do treino.
    É importante fazer um desjejum rico em carboidratos (mas sem gordura) antes do treino, pois baixos estoque de glicogênio muscular (carboidratos armazenados) levam à fadiga e à exaustidão, o que acaba por reduzir sua performance. 
    4- Mude a intensidade dos exercícios.
    O aumento da intensidade dos exercícios deve ser feito gradualmente, é importante mudar para que o corpo não se acostume e possa responder de forma mais rápida ao exercício.
    5- Mudança na rotina alimentar.
    É legal procurar um nutricionista para uma reeducação alimentar de acordo com os seus objetivos na academia. Alimentos que cotenham ômega 3 e vitamina E são importantes para quem está começando a malhar pois ajudam a transportar mais oxigênio para os músculos, o que resulta em um melhor desenvolvimento dos mesmos.
    P.S: Apesar de achar que uma alimentação balanceada é essencial, sou totalmente contra se cortar tudo que se gosta da sua vida, para mim realmente não vale a pena deixar de aproveitar tudo que se gosta de comer por uma dieta, o ideal mesmo é diminuir de modo que aquilo não atrapalhe seus objetivos, mas cortar de vez e pra sempre acho radical demais.
    6- Tenha um companheiro de treino.
    Essa é para quem fica desanimado para ir à academia e usa isso como desculpa para não malhar, ter alguém treinando junto com você pode ser um estímulo e tanto. No dia em que um estiver desanimado, o outro anima, puxa pra academia e vice versa.
    Bem, essas foram algumas dicas bem básicas, pois não sou formada em nutrição e nem em educação física para entrar mais profundamente em certos assuntos, então nem me atrevo a afirmar aqui coisas que eu não sei, a intenção é ajudar e não prejudicar ninguém. Espero que tenham gostado e que possa ajudar quem está começando ou quer começar! =)
    Compartilhe com os amigos:
    0 Comentários

  • 5 Imagens que vão te ajudar em 2017
  • Comprinhas de roupas por ATÉ R$30,00
  • Look do dia: Macacão Divo!
  • 1 6 7 8