• Imagem 3
  • Blog Jogo Perigoso
  • Liso pleno Blog
  • Iphone Blog
livros category image
15 de janeiro de 2015

Olá galera!!

Desde o ano passado que nós não devoramos um livrinho…
Vem comigo conhecer o cardápio de hoje:

Título: Todo dia
Autor: David Levithan
Ano: 2013


Este é o primeiro livro que eu leio esse ano e já posso dizer que comecei o ano com o pé direito.
A história é muito bem construída e surpreendente à cada página, não sei vocês mas eu não tinha a menor ideia do que poderia acontecer no final tive varias ideias mirabolantes mas nenhuma delas chegou perto do verdadeiro final (não, eu não vou ser spolhuda e contar pra vocês)
 

Esse livro me fez pensar sobre muitas coisas e sobretudo no amor, até onde vc pode ir pelo amor, até onde é aceitável você mudar a vida do outro…
Notei alguns traços com a Hospedeira, pela possessão dos corpos por exemplo. A obra Superou todas as minhas expectativas.
 
Os conflitos de A, todos os seus princípios e a experiência da passagem de corpo são narradas dr forma tão real que até eu fiquei agoniada quando ele estava no corpo de um usuário de drogas, por exemplo.
Quando eu gosto muito de um livro eu quero que todos o leiam. Falo dele até contagiar alguém à ler. Kety já estava contando os dias para eu terminar o livro antes de converter ela à leitura! Kkkkkkk
Ps.: Contagiei 4 pessoas a ler “Todo Dia” *-*

Saboreando personagens

A – Enigmático
Essa é forma que eu resumo ele, que apesar do pronome masculino não possui sexo definido.
Ele é simplesmente A. Sem rótulos e sem julgamentos. Assumi que precisei ler 2 vezes a parte em que ele dizia que o outro “amor” da vida dele tinha sido um homem.
Só aí que ficou claro para mim essa duplicidade de gêneros.

Ps.: Em inglês os textos em 1ª pessoa não se diferem dos gêneros  dos adjetivos. Ou seja, ele pode falar no masculino  ou no feminino  que não vai haver diferença.
Já no Brasil nós não conseguimos ter essa duplicidade, ou seja, a tradutora teve que escolher o modo que classificaria A, o gênero que ele falaria de si, escolhendo assim o Masculino.

Rhiannon – Adaptável
Quando o livro começa, conhecemos outra Rhiannon, com uma personalidade beeem diferente da que ela adquire no final do livro. Ela se torna mais corajosa, mais decidida, mais falante e até mais feliz!
Por isso classifico ela como adaptável, ela soube se adaptar as diferentes fases do livro e da vida dela.

Justin – Idiota

Uma pessoa que trata a outra da maneira que ele trata a Rhiannon não é nada menos que um idiota!

Melhores Frases:


“Eu noto você, tenho vontade de dizer. Mesmo que ninguém mais note, eu noto. Eu notarei.” p. 63

“A esperança nos trouxe até aqui. Não as respostas.” p.178

“Quando estamos a sós, sou o destino. Quando estou na vida escolar dela, sou uma quebra de rotina.” p.222

“Quero dizer, todos os dias você é uma pessoa diferente. E simplesmente não consigo amar da mesma maneira cada uma das pessoas que vc é.” p. 240

“Queria que o amor conquistasse tudo. Mas o amor não conquista tudo. Ele não pode fazer nada sozinho. Ele depende de nós para conquistar em seu nome.” p. 242

Minha nota: 9,0

Assim que terminei de ler o livro descobri que vai sair uma sequencia. O livro 1 na versão da Rhiannon, em seu ponto de vista. Como Todo Dia deixou algumas brechas, na minha opinião, espero que este novo livro nos esclareça um pouco mais e nos deixe demorar mais um pouquinho dessa história.
Nem preciso dizer que estou ansiosa para Another Day!!

E vocês? Já leram esse livro?? Ou já leram algum livro do Levithan??
Responda aqui nos comentários.

Até a próxima resenha,
Camila.
Compartilhe com os amigos:
1 Comentários

  • Devorando Livros: O Veneno Alheio + Entrevista
  • Devorando Livros: Desafio do Livro 2015
  • DEVORANDO LIVROS: TAG Cozinha de Hogwarts
  • livros category image
    6 de janeiro de 2015
    Olá galera,
    Dessa vez eu resolvi fazer algo diferente para esse novo ano. Meu cardápio à la carte de 2015. Já me bateu uma fominha… 
    Vem conferir comigo o cardápio? 




    1 – Morte Súbita – J.K. Rowling.

    Não é segredo pra ninguém que e sou fã da Tia Jo e de toooda a série Harry Potter… Só que ainda não tive coragem de ler M.S., não queria perder a magia de HP, não queria perder o encanto pelas obras da J.K. caso me decepcionasse com esse livro… Mas nesse ano eu vou me libertar desse medo e lerei o livro!!! Vou colocar ele no inicinho da minha meta de leitura e prometo não me descabelar MUITO caso eu não goste.






    2 – O livro das criaturas de Harry Potter.
    Eu já disse que sou maníaca por HP? Então eu acho que nem preciso falar mais nada!!


    3 – Série “A Seleção” – Kiera Cass.
    Minha amiga Yza fala tanto dessa série que me deu muita vontade de ler e eu já sei que vou adorar, por isso já coloquei que vou ler a série toda!!!





    4 – Estigma do feiticeiro negro – Melanie Evarino e
    Miguel Carqueja.
    Esse
    livro eu quase vi nascer… Gente, foi minha amiga Mel que escreveu ele!!
    Conforme ela ia escrevendo um pouco ela mandava pra gente, então eu meio que já
    li ele.. Mas esse ano eu vou comprar e devorar ele todinho *-*










    5 – Entre o amor e a paixão – Lesley Pearse.

    Quando eu resenhei Belle eu disse do
    2º volume e o quanto eu estou ansiosa para ler ele, então… Vai direto pro
    cardápio de 2015. Você já viu minha resenha de Belle? Ainda não? Clica aqui!!




    6 – Essa garota (Métrica).
    Eu
    já li “Métrica” e “Pausa” e adorei! Então preciso ler esse livro e como os que li
    foram emprestados e quando eu gosto muito do livro eu compro ele só pra ter na
    minha estante, PRECISO DA COLEÇÃO COMPLETA.








    7 –  Os crimes dos monograma – Agatha Christie por
    Solhie Hannah.
    Eu
    adoro os livros da Agatha e esse livro promete! É o primeiro livro a retomar a
    história de Porot, escrito pela Sophie Hanna ela obteve a autorização pela
    família da Agatha, ou seja, não tem como não ser perfeeeito!!





    8 – Feios – Scott Westerfeld.

    Já tinha escutado falar nesse livro e achei interessante até mesmo pelo nome, adoro livros que só o título já chama atenção logo de cara…
    Além do mais tenho recebido muitas recomendações dele…









    9 – O morro dos ventos uivantes – Emily Bronte.

    Sempre
    vi ótimas recomendações dele! Apesar de na época de Crepúsculo ele ter virado
    modinha eu já tinha vontade de ler ele antes… Também quero ler os outros
    livros das irmãs.



    10 – Série
    Estilhaça-me –  Tahereh Mafi.
    Como vocês já sabem eu me apaixonei
    por estilhaça-me e obviamente vou correndo ler os outros volumes da série. Você
    já viu a minha resenha de Estilhaça-me? Clica aqui pra ver!!






    11 – Eu
    me chamo Antonio – Pedro Gabriel.
    Aposto que pelo menos uma vez você já
    viu aquelas frases e desenhos escritos no guardanapo. Então… São desse livro
    *—* Suuuper criativo, eu já salvei milhares de imagens mas quero o livro pra
    mim!!










    12 – Série
    Completa: Fallen – Lauren Kate



    Esse livro é recorde em recomendações, todo mundo que
    fala desse livro e eu digo que ainda não li diz que eu PRECISO ler!
    Então… Ele também vai para
    a minha listinha de 2015.
    E vocês? Já leram alguns desses livros? Compartilham da mesma vontade
    que eu? Indicam-me algum livro? Deixe aqui nos comentários!
    Até a próxima,
    Camila.
    Compartilhe com os amigos:
    6 Comentários

  • Devorando Livros: “Todo dia”
  • Devorando Livros: 2017 e suas metas
  • Resenha: Livro “Vai Fundo”
  • livros category image
    18 de dezembro de 2014
    Você está no seu trabalho, lendo um pouquinho, aí sua amiga pergunta: Tá lendo o que?

    Ai você fala: Estilhaça-me.
    Ela ri e diz que você esta lendo pornografia no trabalho. :O

    Não, não é pornografia!!

    Cardápio de hoje:

    ESTILHAÇA-ME.


    Autor: Tahereh Mafi

    Editora: Novo Conceito

    Páginas: 302
    Lançamento: 2012

    Sinopse: Juliette nunca se sentiu como uma pessoa normal. Nunca foi como as outras meninas de sua idade. O motivo: ela não podia tocar ninguém. Seu toque era capaz de ferir e até matar.



    Durante anos, Juliette feriu e, segundo seus pais, arruinou o que estava à sua volta com um simples toque, o que a levou a ser presa numa cela. Todo dia era escuro e igual para Juliette até a chegada de um companheiro de cela, Adam. Dentro do cubículo escuro, Juliette não tinha notícias do mundo lá fora. Adam ia atualizando-a de tudo. Juliette não entendeu bem o que estava acontecendo quando foi retirada daquela cela e supostamente libertada, ao lado de Adam, e se vê em uma encruzilhada, com a possibilidade de retomar sua vida, mas por caminhos tortuosos e totalmente desconhecidos.
    “Estilhaça-me” é um romance fantástico, que intriga, angustia e prende o leitor até a última página com uma história surreal que mistura amor, medo, aventura e mistério e traz um desfecho surpreendente.

    Primeiro, eu adorei a forma que o livro é escrito, no ponto de vista da personagem principal, suas alucinações, pensamentos e suas repetições…

    As repetições são demais! Dá um toque mais humano à narrativa, as frases são geralmente são repetidas 3 vezes mas ela já chegou a repetir a mesma frase 1 página inteira! Mas gente, isso tudo é justificado no livro, ela estava enclausurada por QUASE 1 ANO!! Se eu já tenho agoniazinha de ficar sozinha em casa 1 dia imagina 1 ano, um ano inteiro ficar sem contato de qualquer ser…SIM, isso É enlouquecedor…

    E coitada dela né? Nem os próprios pais gostavam dela, por culpa do dom dela :/

    Quando eu li a sinopse fiquei um pouco confusa sobre o dom dela, mas com o passar do livro nos é explicado sobre ele, o que ele causa, quando começou e o porquê dela está presa… Então, se você começou a ler o livro agora e está confuso, relaxa que tudo é explicado!!
    O livro se trata de uma distopia, baseado num futuro “não muito distante” INFELIZMENTE. O mundo se encontra em colapso por conta dos abusos que ele vem sofrendo do ser humano…

    “…Os pássaros não voam mais, as nuvens são de outra cor…”
    Eu já tinha lido outras Distopias mas uma que se destaca é a Hospedeira, por isso que achei Estilhaça-me parecido com A Hospedeira. Ainda mais no final…(sem muitos spoilers *-*).
    “Um início de um mesmo fim. Outro dia.
    Talvez eu morra hoje.
    Talvez um pássaro voe hoje.”
    Conclusões finais:
    Adorei as transformações de Juliette, ela fica mais confiante, mais divertida e o mais importante, mais sã (kkkk).
    Eu não fui muito fã do Adam não, sei lá, muito perfeito pro meu gosto, será que o Warner conta algum podre dele no livro Destrua-me??
    É, me julguem… Eu meio que gostei do Warner, SIM, ele é louco de pedra e NÃO eu não queria que ele ficasse com a Juliette mas eu gostei da MANEIRA que ele foi construído…
    Seus momentos Bipolares… Enfim, a autora arrasou na construção dele.
    Um ponto alto do livro é o Kenji, o amigo do Adam, ele é muito divertido, me fez rir em vários momentos, espero que ele seja melhor aproveitado nos outros livros…
    Minha nota: 9,5
    Esse foi o primeiro livro da Tahereh Mafi, e vou te falar, minha filha você já começou causando!! Me deu uma suuuuper vontade e procurar correndo outros livros dela, assim que eu devorar mais um da série venho aqui contar pra vocês. Tô super ansiosa pra ler o Destrua-me, que é o 1º livro só que na visão do Warner…
    E vocês? Já leram alguma distopia? Já leram Estilhaça-me ou algum dessa série?
    Conte-me nos comentários.
    Beijos e até a próxima resenha,
    Camila.
    Compartilhe com os amigos:
    1 Comentários

  • DEVORANDO LIVROS: O mundo de Anne Frank
  • Devorando Livros : PASSAPORTE DA LEITURA
  • Devorando Livros: Ebook X Livro
  • livros category image
    4 de dezembro de 2014


    Olá galera,

    Vocês também estão com uma fome literária??

    Cardápio de hoje: 

    Título: Belle


    Autora: Lesley Pearse
    Editora: Novo
    Conceito
    Nº de páginas: 560
    Sinopse: 

    Londres, 1910. Belle, de 15 anos, viveu em um bordel em
    SevenDials por toda sua vida, sem saber o que acontecia nos quartos do andar de
    cima. Mas sua inocência é estilhaçada quando vê o assassinato de uma das
    garotas e, depois, pega das ruas pelo assassino para ser vendida em Paris. Sem
    poder ser dona de seu próprio destino, Belle é forçada a cruzar o mundo até a
    sensual Nova Orleans onde ela atinge a maioridade e aprende a aproveitar a vida
    como cortesã. A saudade de casa — e o conhecimento de que seu status como
    garota de ouro não durará muito — a leva a sair de sua gaiola de ouro. Mas
    Belle percebe que escapar é mais difícil do que imaginou, pois sua vida inclui
    homens desesperados que imploram por sua atenção. Espirituosa e cheia de
    desenvoltura, ela tem uma longa e perigosa jornada pela frente. A coragem será
    suficiente para sustentá-la? Ela poderá voltar para sua família e amigos e
    encontrar uma chance para a felicidade? Autora # 1 bet-seller, LesleyPearse
    criou em Belle a heroína de nossos tempos: uma mulher forte que luta por seus
    direitos em um mundo perigoso.

    Esse
    livro te dá uma gama de emoções… Me fez rir, chorar, ficar agoniada,
    angustiada, com raiva…Mas mesmo assim eu adorei o livro.

    Vou tentar não dar muito spoiler… Mas acho que
    vocês já sabem que eu sou bem Spolhuda! :O
    A realidade que é retrata no livro é muito cruel
    e apesar do livro se retratar no ano de 1910 ele continua sendo muito atual. Ou
    seja, é uma cruel realidade que não se tem dados. Pessoas somem todos os dias e
    nem sempre são achadas… Meninas são forçadas a se prostituir, mas o numero de
    resgates ainda é muito pequeno comparado a essa imensidão de doentes…

    O
    livro apesar de ter umas 500 paginas flui de uma maneira rápida, o inicinho se
    arrasta um pouco, mas o resto do livro corre. A personagem principal, Belle,
    assim como seu livro me deixou com muitos sentimentos diferentes, mas o mais
    recorrente era o de pena. Tudo que podia dar errado, DAVA!! E a vida da coitada
    era um sofrimento só!
    Apos inúmeros abusos ela fica entre a vida a
    morte e é quando a sua vida muda um pouco, (não que sua vida vá melhorar muita
    coisa… mas já é um adianto…) 
    Ela é comprada por outro prostibulo, e durante
    sua jornada ela é forçada a amadurecer rápido demais e tomar uma decisão, ou
    continua lutando em vão ou resolver se “comportar” e agir como eles mandam para
    ter uma chance real de sobrevivência e fuga…

    “É preciso coragem
    para perder a inocência.” 
    Minhas considerações finais:
    Gente,
    que capa eh essa??Linda linda liiiinda!! O final termina daquela forma porque
    tem um livro 2, o Entre o Amor e a Paixão (que está na minha meta de leitura) 

    Ainda falando do final, eu queria aprender
    francês só pra traduzir aquela frase *-* Sim, Sou Team Etienne.
    Gostei da diagramação que a autora fez no livro,
    mesclando sobre o que estava acontecendo com Belle e com o Jimmy e Mog à sua
    procura.
    Me poupe, vai ter uma mãe sem sentimentos assim
    lá longe!! Odiei, tive pena e voltei a odiar a Anne. Mas num todo o livro foi
    muito bom, me surpreendi bastante… Como de praxe, Preciso ler o 2 (e vou!!
    Lala).

    Minha nota: 8.5



    E vocês? Já leram esse livro? Já leram
    algum livro da Lesley??
    Conte-menos comentários.

    Beijos e
    Até a próxima resenha.
    Compartilhe com os amigos:
    2 Comentários

  • Devorando Livros: “Stolen, carta ao meu sequestrador”
  • Devorando livros: A Gárgula
  • Devorando Livros: “Todo dia”
  • livros category image
    20 de novembro de 2014
    Olá Galera,
    Vocês também estão com uma fome literária??
    Cardápio de Hoje:
    Harry
    Potter – Um livro Pop-Up 




    Engenharia de papel: Bruce Foster
    Arte: Andrew Williamson
    Texto: Lucy Kee
    Editora: Salamandra
    Número de páginas: 12
    Sinopse:  Esta obra pop-up sobre Harry
    Potter
     apresenta o universo mágico dos filmes de uma maneira especial.
    Com desenhos de Andrew Williamson, artista cujas imagens inspiraram a
    caracterização dos personagens e cenários dos oito filmes da série, os pop-ups
    mágicos deste livro incluem: o Escritório de Dumbledore, o Beco Diagonal, o
    Castelo de Hogwarts, criaturas mágicas, imagens do torneio Tribruxo e elementos
    das artes das trevas. De Nagine a Edwiges em sua gaiola, de Harry enfrentando o
    Rabo-Córneo Húngaro a Roni encarando o berrador enviado pela senhora Weasley,
    você vai se divertir revendo cenas de todos os filmes. Para encher os olhos dos
    fãs de Harry Potter de todas as idades! 

    Nossa, quando eu vi esse livro foi paixão a primeira vista
    *—*
    Só ter escrito Harry Potter já me deixa maluca pra
    comprar..
    É pop-up (pra quem não sabe são aqueles livros que formam
    figuras e cenários quando abrem *o*) E como eu fui uma criança QUAAASE sem
    infância, nunca tive um desse T.T
    Agora vamos as minhas considerações:

    Eu adorei o livro!! Ele contém muitas curiosidades sobre os filmes,
    personagens, entre outras coisas. Cada vez que você vai analisando as páginas
    você acha mais informações e figuras, é encantador, quase mágico. Todas as
    dobraduras são ricas em detalhes e de muita qualidade.
    O foco do livro são as cenas clássicas dos filmes, entre seus cenários incluem:
    A cena do Cemitério e a tarefa do Ovo de Dragão. Além do castelo de Hogwarts,
    casa do Hagrid e Beco Diagonal.

    Para não dar muito spoiler
    das curiosidades vou citar apenas uma:

    “A serpente gigante de Voldemort, Nagini, teve como modelo a
    serpente píton da Birmânia. Essa é uma das seis maiores serpentes do mundo, mas
    a versão cinematográfica de Nagini teve que ser ainda maior, pois J.K.Rowling a
    descreve nos livros com tendo mais de 36 metros. As sequências em que Nagini
    aparece arrastando-se pela tela foram feitas com imagens geradas em computador,
    mas ainda assim foi necessário que o estúdio Creature Shop criasse um modelo
    para servir de referência.”
    Ps.: A imagem que eu mais gostei foi a do dragão *—*
    Ps2.: Algumas cenas muito legais ficaram de fora do livro,
    mas eu entendo, são 8 filmes para colocar em apenas 1 livro então, como já é de
    praxe: Aguardo o segundo livro!!
    Minha Nota:  9,8
    Até a próxima resenha,

    Camila.
    Compartilhe com os amigos:
    1 Comentários

  • DEVORANDO LIVROS : Quem Mexeu no Meu Queijo?
  • Devorando Livros: Ebook X Livro
  • Devorando Livros: Cinco motivos para você ler Stolen.
  • livros category image
    5 de novembro de 2014
    Olá Galera!!

    Vocês também estão com uma fome literária??
    Cardápio de hoje:
    A Gárgula!!

    SINOPSE: “O belo e atormentado narrador de A Gárgula conduz numa estrada sinuosa quando é ofuscado pelo que parecia ser uma saraivada de setas. Despenha-se numa ravina e acorda numa unidade de queimados, sofrendo as torturas dos condenados. É agora um monstro. A sua vida acabou. Mas está apenas a começar: um dia, Marianne Engel, uma encantadora e indomável escultora de gárgulas, entra no seu quarto e revela-lhe que foram amantes na Alemanha medieval: ele, um mercenário que sofrera terríveis queimaduras; ela, uma freira escriba no famoso mosteiro de Engelthal, onde lhe prestara cuidados de enfermagem. À medida que se desenrola a sua história, qual Scherazade, e relata outras histórias igualmente fantásticas de amor imortal no Japão, Islândia, Itália e Inglaterra, o narrador é devolvido à vida e, por fim, ao amor. A Gárgula é um romance extraordinário que levará o leitor numa metamórfica e original viagem. Fá-lo-á acreditar no amor, em milagres e na rendição. O mais extraordinário romance de estreia da última década: uma fascinante história de amor sobre o poder libertador do sofrimento, que transcende os limites do nosso tempo e espaço.”
    Ps.: Até essa sinopse é dá um show a parte, depois de ler ela a gente até respira fundo e pensa, meu Deus, que livro é esse? Bom, agora vamos a minha opinião sobre o livro:

    A Gárgula é um livro que chama a atenção pela capa, mas te prende pelo conteúdo. 
    (sim, eu assumo que às vezes escolho um livro pela capa!)
    O enredo do livro é muito bem construído e a personagem Marianne Engel é tão fascinante e tão real que até penso que ela existe realmente.
    A descrição do acidente é tão chocante e cruelmente descrita nos mínimos detalhes que não tem como não mexer com você.
    Além do livro te me prendido do inicio ao fim eu aprendi muito sobre queimaduras, nunca mais olharei uma queimadura da mesma forma!
    As historias de Marianne são muito criativas e envolventes, ela as conta de tal maneira que o leitor também fica contando as horas para que ela volte no hospital e conte o resto da história. A forma que o autor insere essas histórias nos leva diretamente àquela época e quase conseguimos ver a cena como num filme.

    Nota : 9

    Minhas considerações finais:
    Eu não sei porque mais acho que tive uma ligação cósmica com esse livro ou sei lá mas eu gostei taaanto, mas taaaanto do livro e queria taaanto um volume dois que confesso que estou fazendo uma fanfic do Gárgula 2. *–*
    A propósito, esse livro foi a minha primeira experiência com um livro cujo nome do personagem principal não é revelado e gostei da forma que o autor tratou isso, quase como se tivesse esquecido de mencionar o nome dele. Enfim…
    Super recomendado para todos os gostos!!!

    Até a próxima resenha,
    Camila.

    Compartilhe com os amigos:
    0 Comentários

  • DEVORANDO LIVROS : Quem Mexeu no Meu Queijo?
  • Devorando livros: Métrica
  • Devorando Livros: Classificação
  • livros category image
    24 de outubro de 2014

    Olá galera!


    Dia 10 de Outubro teve jantarzinho fora!!
    Siim, nós comparecemos ao lançamento carioca do livro A Comissão Chapeleira da grande autora brasileira Renata Ventura.

    CARDÁPIO:
    – Prato principal: A Comissão Chapeleira
    – Acompanhamento: A Arma Escarlate
    – Restaurante: Livraria Saraiva do Botafogo Praia Shopping.

    O lançamento do segundo livro da série Arma Escarlate era muito aguardado pelos fãs cariocas já que o lançamento oficial tinha sido em Agosto, na Bienal de São Paulo.
    Os fãs compareceram em peso. A autora se atrasou alguns minutos mas assim que chegou já foi cumprimentando alguns de seus leitores na fila.
    Os pais dela deram um show a parte de simpatia. Enquanto a Renata não chegava o senhor Homero cumprimentava e conversava com os leitores além de tirar algumas dúvidas!

    Eu, munida de meu próprio chapéu coco e meu livro, comprado horas antes (sim, eu sou desesperada e fiquei com medo de que a fila para comprar esteja imensa ou que não tenha mais o livro como aconteceu na bienal do ano passado com a Arma Escarlate) mas voltando… eu estava sentada no shopping começando a devorar meu livrinho quando o senhor Homero passa por mim. Me vê lendo o livro. Se aproxima e conversa comigo!
     *—–*
    Esqueci de falar, além de toda essas fofuras e demonstrações dignas de Capí (um personagem do livro que é quase um santo de tão atencioso e fofo) a família Ventura ainda nos presenteou com bombons *oo*Renata autografou meu livro e assim que eu falei dessa coluna ela topou na hora tirar a foto mordendo o livro *O*
    Como tinha dito, no shopping mesmo já comecei a devorar meu livrinho e logo nas primeiras páginas já vimos que o Hugo voltou a aprontar, agora não se sabe se foi porque não aprendeu nada ano passado ou se está sendo coagido a tal…
    Bom, vou terminar aqui porque preciso voltar a ler o meu livrinho…

    Beijos e até a próxima resenha,

    Camila.

    .
    Compartilhe com os amigos:
    0 Comentários

  • Devorando Livros: Desafio do Livro 2015
  • Devorando livros: Cardápio à la carte 2015.
  • Devorando livros: Métrica
  • livros category image
    9 de outubro de 2014
    Hello! :]

    Antes da resenha, eu gostaria de  fazer uma pequena apresentação da nova colunista do blog, Camila. A Camila vai fazer fazer algumas resenhas sobre livros aqui pro Pretty Please, pra termos um conteúdo mais diversificado! E já que ela é uma devoradora de livros, adorou a ideia de fazer as resenhas. Deixo vocês agora com a primeira resenha dela, do livro “Stolen”.

    Sinopse: Gemma é uma
    adolescente normal esperando para pegar um voo no aeroporto de Bangkok com seus
    pais. Ao se afastar, conhece o charmoso e envolvente Ty, e nem imagina quais
    são suas reais intenções. Ele lhe oferece um café em que coloca algum tipo de
    droga. Confusa, ela é sequestrada e arrastada para o meio do deserto
    australiano. Ele a rouba para si, depois de anos a observando, e ainda espera
    que ela o ame. Os dias se passam e eles têm apenas um ao outro na imensidão
    vazia e escaldante do deserto, e Gemma começa a entender e conhecer Ty. É aí
    que os limites entre inimizade e compaixão vão ficando cada vez mais tênues.

    Stolen é um livro que logo de cara chama a sua
    atenção pelo subtítulo: Carta ao meu sequestrador. Hein? É isso mesmo? Sim. A
    personagem principal narra todo o livro em forma de uma carta ao seu
    sequestrador, contando todos os momentos que ela passou desde a captura até
    seus sentimentos e medos.

    O livro não contém cenas muito fortes, como pelo
    título podemos imaginar.

    Mas a historia é incrível, muito bem construída
    e se desenrola de uma maneira de fácil leitura! Eu li o ebook com mais de 570
    paginas em apenas 1 dia.

    O antagonista é um personagem fascinante, acho
    que até eu estou com crise de estolcomo. (Quando a vitima se efetua ao seu
    sequestrador) pela primeira vez em toda a minha vida literária eu torci para
    que o “vilão” ficasse com a mocinha. Sim, podem me julgar! Eu sei que
    ele é um sequestrador, mas torcia mesmo assim.

    Não é a toa que o Ty foi indicado pelo site
    TeenReads como melhor vilão. O Ty é o melhor!!

    Minha nota foi: 9,5

    Minhas Considerações Finais:

    Quando eu acabei o livro fiquei com abstinência de Stolen, precisava urgentemente
    de um 2º livro. Não. Ele não termina no: continua no próximo livro, mas o final
    deixa aberta varias possibilidades para um volume 2 ainda mais fascinante que o
    primeiro. Viu né Lu? (Lu é o modo que eu chamo a Lucy), Se você estiver assim sem
    fazer nada bem que poderia escrever um segundo livro pra mim né?

    Super recomendado para todos os gostos!!!

    Até a próxima resenha,
    Camila.

    Compartilhe com os amigos:
    3 Comentários

  • Devorando Livros: 2017 e suas metas
  • Devorando livros: Harry Potter – Um livro Pop-Up
  • DEVORANDO LIVROS: TAG Cozinha de Hogwarts