• vLOGS
  • tHE NUN
  • iPHONE
viagens category image
28 de novembro de 2014
Hello!!
Esse é mais um post da minha viagem para Buenos Aires, o segundo dia foi dia de conhecer o famosíssimo zoológico de Luján, aquele zoológico que todo mundo que vai pra Argentina vai e tira foto ao lado dos animais, sabe? Devo confessar que durante um bom tempo eu pensei MUITO se eu iria ou não nesse zoológico, isso pela polêmica de que os animais são dopados e eu não acho isso NADA legal. Eu realmente não posso afirmar que eles são dopados, a direção do zoológico afirma que não, e sim que os animais são domesticados, mas sei lá, não tiro a imagem daquele leão da minha cabeça que nem se mexia, basicamente não piscava e estava com um olhar totalmente perdido, aquele leão me deixou triste, tanto que não postei e nem vou postar nenhuma foto com ele. Ao chegar lá pude tirar minhas próprias conclusões, e PRA MIM, aqueles animais de grande porte dentro das jaulas não estavam em estado normal. No meu instagram postei algumas fotos com um baby leão que peguei no colo, esses filhotinhos me pareciam bem “acordados” (não dopados), porque os filhotes de tigre corriam e brincavam com os cachorrinhos que ficavam dentro da jaula com eles (foto abaixo), mas quando chegou a minha vez na fila (dos dois, tanto do baby tigre quanto do baby leão) eles me pareceram bem “SONOLENTOS”. Mesmo que não estivessem dopadas, deve ser muito ruim pra eles ficarem sendo passados de colo em colo o dia inteiro. Mas enfim, eu tirei a foto com os bebês e outros animais, mas sinceramente perdi a vontade de postar certas fotos aqui, então serão somente algumas..
Baby tigres brincando com os cachorrinhos.
Amigas <3
Se você for ao zoológico (eu não iria de novo, logo, não recomendo de forma alguma), reserve o dia inteiro pra isso, ele fica beeeem longe do centro de Buenos Aires e você com certeza vai estar bem cansado ao fim do dia pois vai andar bastante lá (e ficar muito em pé com as filas quilométricas). Vá de tênis principalmente se parecer que vai chover, lá o chão é de terra e faz uma super lama, choveu no dia que eu fui. Sinceramente, por mim eu não iria de novo, mas cada um sabe o que faz, e ainda tem muita gente que jura que aqueles animais dentro das jaulas não são dopados, pra mim eles são sim, mas enfim, essa é só a minha opinião.
Saindo um pouco do assunto polêmico…
Gente, se teve uma coisa que eu tive que registrar, foi isso:

Meu coraçãozinho ficou em pedaços quando cancelaram a estréia de “Assim na terra como no inferno” aqui no Brasil, então dá pra imaginar minha empolgação ao ver isso andando pelas ruas de Buenos Aires né? Na verdade eu já sabia que estava passando lá, assim que cancelaram a estréia aqui no Brasil eu corri pra ver se ia estar passando na Argentina no dia que eu estaria lá, mas ver assim na minha cara foi uma emoção, hahahahahahahahahaha… Acredite ou não, eu optei por não assistir, sinceramente não quis perder tempo da minha viagem indo à cinema, já que eu poderia baixar o filme e ver aqui no Brasil, então guardei a minha GIGANTE ansiosidade (foi difícil).

Bem, ao chegar do zoológico estávamos realmente MUITO cansados, logo a primeira coisa foi descansar, e mais tarde, sair para jantar. Fomos a uma pizzaria e a minha opinião sobre a pizza de lá não é das melhoooooores. Não vou dizer que é ruim, mas é bem diferente, com uma calabresa gigante e gosto bem diferente, mas acho que isso é do lugar mesmo (estabelecimento), porque essa minha amiga que foi comigo disse ter comido a melhor pizza da vida dela vinda de uma pizzaria que ficava na esquina do hotel dela, então não posso dizer que as pizzas na Argentina são ruins né? Não tenho fotos do jantar mas tirei beeeem rapidinho do look só pra constar! Usei um sobretudo porque, meu Deus, estava muito frio! E olha que nem o sobretudo foi capaz de me deixar quentinha, tive que colocar o casaco do meu namorado saindo da pizzaria.

Bem, o segundo esse foi o segundo dia. Quanto ao zoológico, quanto aos looks, quanto à cidade, qualquer coisinha comentem aqui em baixo que eu respondo tudinho! 

Besossss!!

Compartilhe com os amigos:
0 Comentários

  • Viagem à Orlando: Os 2 primeiros dias.
  • Buenos Aires: Dia 3 & Presos no aeroporto.
  • Eurotrip Parte 1: Portugal
  • viagens category image
    2 de setembro de 2014

    Hello!!

    Nesse fim de semana eu, meu namorado, e alguns amigos viajamos para Paraty, um município do Rio de Janeiro que fica ao lado de Ubatuba (São Paulo). Paraty  é uma cidade histórica com uma arquitetura típica do Brasil colônia. Apesar de toda a história, nosso interesse maior foi nas lindíssimas paisagens. A viagem pra lá durou cerca de 4 horas, isso saindo do centro da cidade do Rio.
    No primeiro dia alugamos um barco, pois grande parte das praias de Paraty só é acessível de barco. Foram 5 horas de passeio, pode parecer muito, mas com essas 5 horas não dá pra conhecer nem metade de tudo, afinal são mais ou menos 60 ilhas e 90 praias. Muitas fotos e muitos pulos no mar, usei uma capinha à prova d’água para o celular, para filmar os pulos e tirar fotos na água. Em praia mesmo, só descemos em uma, o que mais fizemos foi parar perto de algumas ilhas para pular no mar.
    Em uma das paradas do barco.

    Em relação ao tempo, não estava nem fechado e nem um sol daqueles enquanto estávamos no barco, o tempo só começou a fechar um pouco mais para o meio da tarde quando já estávamos voltando, mas nada de chuva. O passeio de barco foi maravilhoso e eu recomendo demais para quem visitar a cidade.
    Nesse fim de semana estava rolando festival na cidade, então na noite de sábado teve show. Com um friozinho gostoso, ficamos no festival até mais ou menos 1 da manhã.
    O dia seguinte foi dia de visitar as praias de Trindade, que fica a 25 km de Paraty. Paramos na praia do Meio e na praia do Caixadaço, que tem acesso a partir de uma trilha que começa na praia do Meio. A praia do Caixadaço tem ondas fortes e muita correnteza, fomos avisados disso quando entramos no mar lá.
    A praia do Meio já é mais calma, tem uma ilha de pedra que divide a praia, muita gente sobe lá para tirar fotos e não fomos a exceção.
    Praia do Meio
    Ao lado da trilha para a praia do Caixadaço desagua o rio Codós, que leva à uma cachoeira, mas não fomos até ela.
    A cidade tem realmente muito à oferecer, não pude conhecer tanto por só ter ficado 2 dias, mas com certeza vou querer voltar lá pra conhecer mais!

    Compartilhe com os amigos:
    0 Comentários

  • Como conseguir os melhores preços de passagens aéreas
  • Viagem à Orlando: I-Drive 360
  • Viagem à Orlando: Os 2 primeiros dias.


  • © Pretty Please - Todos os Direitos Reservados - Design e programação por