• vLOGS
  • tHE NUN
  • iPHONE
filmes-e-series category image
14 de agosto de 2014
Nunca fui aquele tipo de pessoa louca por trilhas, natureza e etc, porém gosto de  aventuras e conhecer coisas novas, e por falar em aventura, que aventura!!! Só de me lembrar já quase desmaio de cansaço, imagina só lá na trilha mesmo.
Eu fiz a trilha em fevereiro junto com meu namorado e um amigo, a ideia foi deles mesmo, nunca tinha passado pela minha cabeça fazer essa trilha. A única trilha eu já havia feito era a do Pão de açúcar, que sinceramente, não existe nem comparação com essa quanto a aventura. Não é a toa que ela é considerda a trilha mais desafiante da cidade do Rio de Janeiro.
Fizemos a subida em 3 horas e a descida em mais ou menos 2 horas. Eu, ingênua, achava que a descida seria tranquila, mas não. O ruim mesmo da descida é que suas pernas já estão tão bambas por aquela subida intensa, que a cada passo que você dá, parece que seu peso aumentou 50 vezes e que seus joelhos, que são quem faz o trabalho principal no seu corpo na hora da descida, não vão aguentar.

Um ponto crítico da nossa subida foi a famosa “carrasqueira”, que é um paredão de pedra quase todo liso que tem 30 metros de altura. Dizem que tem sempre uma corda lá pra te ajudar a subir, mas nesse dia não tinha. Sem nenhuma corda nem ninguém mais na trilha pra ajudar, subimos, e eu já não parava de pensar em como é que eu ia descer aquele paredão depois. De lá, já tiramos algumas fotos:

Carrasqueira, muuuuuuito íngreme! 

Depois da carrasqueira, subimos mais ou menos meia hora para chegar até o topo.. e que visão! É nesse momento que você percebe o quanto tudo aquilo valeu a pena. Confesso que pensei em desistir mil vezes ao longo da trilha, mas não sou exatamente o tipo de pessoa que desiste das coisas, e eu já tinha andado tanto, que não dava pra simplesmente desistir ali no meio né?!
Agora algumas fotos de lá do topo:

844 m de altura.

Essa trilha é algo que recomendo muito tanto para quem mora no Rio quanto para quem vem pra cá de férias, é muito cansativo, mas compensa demais!

Já fez essa trilha? O que achou? Comente aqui em baixo :]
Compartilhe com os amigos:
0 Comentários

  • 5 Filmes de terror sobre crianças pra você assistir
  • Crítica ao filme “The Cloverfield Paradox”
  • 5 Filmes de terror sobre ESPÍRITOS que você PRECISA ver
  • beleza category image
    11 de agosto de 2014
    Sempre tive o costume de ir constantemente à minha dermatologista por qualquer coisinha que eu não gostasse ou achasse estranho na minha pele. Nunca tive aquela acne pesada, mas também não tenho uma pele completamente lisinha e sem nenhuma espinha, tenho algumas e isso obviamente me incomoda. Ao falar sobre isso com a minha dermatologista, ela me recomendou usar o Actine duas vezes ao dia. Inicialmente usei a versão em barra e depois a líquida.
    O que diz o rótulo:
    Actine é um sabonete líquido com ação queratolítica, que favorece a remoção da oleosidade excessiva da pele, enriquecido com Aloe vera. Seu uso reduz a sensação de ressecamento, comuns em queratolíticos em geral. É recomendado como adjuvante nos cuidados da pele acneica, auxiliando a redução da oleosidade excessiva e não contém cortantes.
    O que eu achei:
    Usei o actine por um bom tempo nas duas versões, em barra e líquido. A versão líquida com certeza supera a versão em barra, não sei se fui eu quem não soube  usar a versão em barra direito, mas eu realmente senti que a líquida deixou minha pele bem mais limpa e principalmente sequinha. Quanto a redução da oleosidade que o produto promete, ele realmente cumpre, então consequentemente ajuda com a acne, ajuda, mas não acaba com ela por completo, pois o produto mesmo diz: “É recomendado como ADJUVANTE nos cuidados da pele acneica”, logo, você não pode usar só o Actine e achar que vai acabar com a sua acne, mas ele realmente promete o que cumpre. 
    Não pude evitar de sempre usar um hidratante depois de usar o Actine, pois a minha pele não é daquelas super oleosas, é mista, então algumas áreas do meu rosto ficavam com uma sensação de ressecamento. 
    A versão líquida é disponível em diferentes tamanho, e a partir da embalagem de 140 ml ele vem com um pump, o que faz com que o produto acabe se tornando mais econômico, além de você também poder travar o pump, o que é ótimo pra quando você leva o sabonete dentro de uma bolsa ou mala de viagem, que ele não derrama por toda a bolsa. O preço da embalagem de 140ml está em torno de R$26,00.
    Já usou actine? Comente sua opinião sobre ele aqui embaixo! 
    Compartilhe com os amigos:
    0 Comentários

  • Fazendo o “Back to Mac” pela primeira vez + Sorteio
  • Produtos de maquiagem que uso no dia a dia
  • Testei&Resenhei: Oil-free acne wash – Up&up
  • beleza category image
    10 de agosto de 2014
    A grande maioria das mulheres adora pintas as unhas, eu mesma estou (e muito!) incluída nesse maioria e adoro mudar o esmalte o tempo todo. Tenho preferencia pelos tons mais escuros, como vermelho e vinho, oque dificulta um pouquinho mais  na hora de limpar os cantinhos das unhas. Não da uma raiva quando estão todas as unhas perfeitas, você já esta quase acabando, falta só limpa aquela unha e.. PUFF, borrou?! Pois é, pensando nisso procurei pela internet algo que pudesse me ajudar com isso e achei uma dica super valida para quem, como eu, não tem muita pratica com isso.
    Vamos à dica!
    Você vai precisar de:
    – 1 vidrinho de esmalte vazio
    – Cola branca
    – Água
    – 1 palitinho
    Dica: Esvaziar um vidro de esmalte e limpar ele por dentro depois pode ser trabalhoso, então experimente esvaziar um vidro de óleo secante, que vai facilitar bastante. Eu fiz com um vidro de esmalte por não ter óleo secante em casa, e foi realmente bem chato de limpar ele completamente.
    Como fazer:
    No vidro vazio e limpo, coloque 90% de cola e 10% de água e misture bem. Cuidado para não exagerar na água, caso contrario não vai funcionar tao bem quanto deveria. Aplique a mistura nas laterias das unhas.
    Depois que a cola estiver seca, pinte as unhas a vontade e sem medo de borrar.
                                               
                                                                  Com o palitinho, empurre os cantinhos borrados, a camada de cola com esmalte vai sair facilmente.
                                                                  P.S: O esmalte usado foi o “Poodle” da Risqué. 
    Gostou da dica? Testou ai também? Comente aqui embaixo dizendo como ficou ou se gostaria de alguma outra dica como essa.
    Compartilhe com os amigos:
    1 Comentários

  • 5 erros na lavagem de cabelos.
  • Testei&Resenhei: Lápis Retrátil Nude – Luisance
  • 1,2,3 Testando: Base de alta cobertura Max Love (Resenha)
  • 1 33 34 35


    © Pretty Please - Todos os Direitos Reservados - Design e programação por